Contexto

Até Maradona ajudou Cristiano Ronaldo

Ok, o programa Prós e Contras está a dar na RTP1. O tema parece ser a vitória do Cristiano Ronaldo na votação para o FIFA World Player. Parece, porque não estou a ouvir o que eles dizem. Parece, porque de vez em quando aparece uma imagem do CR7 a meter uma batata (invariavelmente, surgem os golos aos Lagartos, curioso). Parece, porque está lá o Hermínio Loureiro e o Laurentino Dias, personagens que só surgem ou quando o CR7 ganhou alguma coisa, ou quando há algum escândalo daqueles no Futebol (e no Desporto em geral). Então se tem isto tudo, porque é que eu ainda digo que “parece”? Bem, também está lá alguém da Fundação Calouste Gulbenkian que, além dos jardins, não vejo outra ligação possível com o CR7. Além de que a mera ideia de um programa de debate televisivo ter como pano de fundo a conquista desportiva de uma pessoa (por mais surpreendente que possa parecer, o CR7 é somente uma pessoa com um jeito invulgar para uma coisa e se fôssemos entrar nessa de celebrar todas as pessoas que têm um jeito invulgar para uma coisa, bem, nunca mais saíamos daqui)…dizia eu, a mera ideia de um programa de debate televisivo centrar-se na conquista desportiva de uma pessoa é surreal.

E, por último, um programa que tenha o Luís Campos (sim, ele mesmo) não pode ser um programa sobre desporto. Porque colocar uma pessoa cujo maior feito desportivo foi ter condenado duas equipas à descida na mesma temporada não diz muito sobre as suas qualidades para comentador do fenómeno desportivo. Quer dizer, até diz muito. Diz, por exemplo, que é a última pessoa a quem se deve pedir para comentar o fenómeno desportivo. Por isso, eu vou ficar a pensar que isto é um programa sobre alguma coisa qualquer e que, de vez em quando, decidem mostrar umas imagens do CR7. Afinal, o rapaz parece agradar às mulheres e joga que se farta. Há que lhe dar os parabéns por isso, não?