Contexto

CTT combatem a pobreza

Tomei conhecimento desta acção por um e-mail que me foi enviado (obrigado Sara Fidalgo). Achei-a tão acolhedoramente humana e simbólica que me fez acreditar que o mundo não é tão negro como o pintam. Há pequenos passos, pequenas palavras, pequenos gestos que enobrecem o ser humano e, nesses instantes, somos tão magníficos como o resto do planeta Terra. Até posso estar a exagerar na proporção da coisa, mas o que falta ao mundo é exagerados. Dos positivos, de preferência.