Contexto

‘Feitiço de Amor’ estreia-se domingo

Acho que já foi no domingo passado, a estreia, mas não faz mal. Não vou iniciar nenhuma crítica televisiva; tão somente vou analisar semioticamente (hehe) esta imagem.

Ando meio arredado do panorama telenovelístico nacional. Quer dizer, desde a emissão da brasileira “Pedra sobre pedra”, ainda no tempo da televisão a preto e branco, que não vejo telenovelas. Mas é com regozijo que vejo a aculturação de aspectos da cultura pop nas telenovelas portuguesas. Neste caso, a aculturação do mítico e inesquecível (para quem viu) filme da gigantesca actriz italiana Cicciolina. Falo, como prevêem, do filme onde a ilustre actriz contracena com um exemplar da raça equídea, que é um forma pomposa de dizer cavalo.

Só espero que aquele ali na fotografia seja um puro raça lusitana.

Bem, contracena também é um forma pomposa de dizer penetrada, mas isso são outras histórias.

P.S. No link que coloquei como contexto diz: “Protagonista tem paixão por cavalos”. Engraçado, também a Cicciolina. E deu no que deu.